Curso para agentes de saúde promovido pela ALMT é o melhor da América Latina, avalia secretário do Contacs

Publicado em 11/04/2021 21h30

O secretário de Comunicação do Conselho Nacional de Técnicos em Agentes Comunitários de Saúde (Contacs), Sergio Gutemberg, apontou que o curso de formação profissional Técnico em Agente Comunitário de Saúde (TACS), idealizado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), é o melhor da América Latina e um dos melhores ofertados atualmente para a categoria no Brasil.

Segundo ele, todos os envolvidos, desde a Assembleia Legislativa, o deputado Max Russi e o Instituto Brasil Adentro (IBA), estão de parabéns pela qualidade da capacitação. A avaliação, em tom de exaltação, foi feita durante reunião promovida pela Câmara Setorial Temática (CST) da categoria, na última segunda-feira (20.09), na ALMT. Ele representou o presidente do Contacs, Edvaldo Leite Santana.

“Estamos acompanhando todas as etapas do curso e constatamos que é o melhor ofertado aos agentes, inclusive, recomendamos o curso e estamos trabalhando para que seja ofertado em outros estados, com a mesma qualidade do pioneiro Mato Grosso. O Instituto Brasil Adentro, responsável pela execução do curso, é regulamentado e inscrito no Conselho de Classe, requisitos importantes e que agregam valor ao curso técnico”, explicou o secretário.

O curso, totalmente gratuito, é pioneiro na modalidade de formação técnica oferecida por uma Câmara Estadual, representante do povo, que é a Assembleia Legislativa. “O curso é ofertado por instituições privadas, mas somos a primeira unidade da Federação a promover esse tipo de iniciativa, com essa qualidade, por meio da Assembleia Legislativa”, enfatizou o relator da CST, Carlos Eduardo Santos.

Ele lembra o empenho do presidente da ALMT, deputado Max Russi, que também preside a CST dos agentes, para que o projeto tomasse forma e saísse do papel.“Desde o início da carreira política, o deputado Max Russi trabalha pelos agentes, foi um dos primeiros prefeitos a efetivar a categoria em seu município de origem, Jaciara, e um dos responsáveis pelo projeto Ser Família, que hoje auxilia os moradores atingidos pela pandemia”, ressaltou Carlos.

Na reunião, o representante do Contacs também reiterou sobre a inclusão dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate à Endemias (ACE) na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), documento que retrata e especifica as profissões no mercado de trabalho brasileiro. Além disso, o grupo tem a possibilidade de aumento salarial através do Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) dos municípios.

Também presente na reunião, o presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias do estado (Sintrace/MT), Wilson Cutas, ressaltou a importância do curso TACS.

“O curso agrega valor e melhorias na condição do agente de saúde em poder oferecer atendimento qualificado ao município. Como agente de combate às endemias, fico feliz quando vejo a alegria de todos os participantes nos grupos de conversa, discutindo os módulos, trocando figurinhas sobre o curso, porque isso é raro no serviço público, as pessoas se verem valorizadas”, comentou.

Sobre o Curso
A capacitação no formato de Ensino à Distância (on-line) é voltada exclusivamente para ACS e ACE que possuem ensino médio completo e atuam no estado, mediante comprovação. Os participantes têm direito a material didático digital e impresso, apoio pedagógico com tutores on-line e atividades práticas. O curso teve início em fevereiro desse ano e ao final, previsto para novembro de 2021, o participante terá uma cerimônia de formatura e diploma do curso técnico reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Fotos: Ronaldo Mazza – ALMT

Informações à imprensa: 
Luciane Mildenberger
(65) 99971-1825